Dom Bosco: olhou a realidade com olhos de homem e de Deus, diz Papa

Em mensagem no twitter, Francisco recordou São João Bosco; Memória do santo é celebrada pela Igreja nesta quinta-feira, 31

Da redação

Em sua conta no Twitter, o Papa Francisco recordou São João Bosco, celebrado nesta quinta-feira, 31 / Foto: Reprodução Twitter

Nesta quinta-feira, 31, dia que a Igreja celebra São João Bosco, o Papa Francisco recordou o santo em sua conta oficial no twitter: “Dom Bosco teve a coragem de olhar a realidade com os olhos de homem e com os olhos de Deus. Que cada sacerdote o imite: olhando a realidade com olhos de homem e com olhos de Deus”, escreveu.

São João Bosco, criador dos oratórios, catequeses e orientações profissionais, foi considerado um exemplo para os jovens. Nascido perto de Turim, na Itália, em 1815, o santo perdeu o pai tendo apenas 2 anos. Sofreu incompreensões por causa de um irmão muito violento e quis ser sacerdote. Sobre sua escolha vocacional, sua mãe o alertava: “Se você quer ser padre para ser rico, eu não vou visitá-lo, porque nasci na pobreza e quero morrer nela”.

Dom Bosco, fundador dos salesianos / Foto: Arquivo

O santo cresceu diante do testemunho de sua mãe Margarida, uma mulher de oração e discernimento. Com 26 anos foi ordenado sacerdote. Carismático, Dom Bosco desde cedo foi visitado por sonhos proféticos que só vieram a se realizar ao longo dos anos. Um homem sensível, de caridade com os jovens, o santo foi ao encontro da necessidade e da realidade daqueles que não tinham onde viver, necessitavam de uma nova evangelização e de acolhimento.

Grande devoto da Santíssima Virgem Auxiliadora, Dom Bosco foi um homem de trabalho e oração, tendo deixado como legado a Congregação dos Salesianos dedicada à proteção de São Francisco de Sales. Em 2016, aos salesianos, o Papa Francisco falou sobre o lema de Dom Bosco: “Dai-me almas e ficai com o resto”.

O Papa lembrou que o fundador reforçou este programa com dois elementos: trabalho e temperança. Trabalho exclusivamente para chegar a Deus, e temperança para se contentar, para ser simples. “Que a pobreza de Dom Bosco e de Mãe Margarida inspire todos os salesianos e suas comunidades a uma vida essencial e austera, de proximidade aos pobres, transparência e responsabilidade na gestão dos bens”.

Conheça mais sobre São João Bosco:

O post Dom Bosco: olhou a realidade com olhos de homem e de Deus, diz Papa apareceu primeiro em Notícias.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta