Conselho de Cardeais discute a Cúria como instrumento de evangelização

O Papa Francisco participou na segunda-feira, 12, do encontro do Conselho dos 9 Cardeais (C9), que ficou reunido no Vaticano até esta quarta-feira, 13. A reunião discutiu a importância da Cúria como instrumento de evangelização e serviço para o Papa e para as igrejas locais.

Esta é a décima segunda edição do evento, em que os Cardeais aprofundaram questões relativas a quatro dicastérios: do Clero, da Evangelização dos Povos, da Educação Católica e da Cultura.

Outra parte dos trabalhos deste encontro foi dedicada aos relatórios apresentados pelos Superiores do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida; da Secretaria para a Comunicação e da Seção Migrantes e Refugiados do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral.

O Prefeito do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, Cardeal Kevin Farrel, ilustrou a formação do novo Dicastério, instituído em 1º de setembro de 2016, com uma atenção especial à relação do Dicastério com os jovens.

Reforma na comunicação

O Prefeito da Secretaria para a Comunicação, Monsenhor Dario Viganò, apresentou as últimas iniciativas relativas à reforma da mídia vaticana, mostrando o organograma do Dicastério e das diferentes Direções, a partir da qual será elaborada a tabela orgânica do novo Dicastério, que será submetida à Secretaria de Estado.

Durante o encontro, foi informado que os prazos e as propostas iniciais de redução de pessoal e de custos foram cumpridos. Também foram apresentadas as novas modalidades de produção multimídia, com a apresentação do novo site que nos próximos dias será apresentado na versão beta e que representa “uma primeira expressão visível e concreta” da reforma.

Aos cardeais foi dito que a Secretaria para a Comunicação não é um departamento mas um Dicastério da Santa Sé, do qual passará a fazer parte, a partir de 1º de janeiro de 2018, também a Tipografia Vaticana, da qual fazem parte o L’Osservatore Romano e o Serviço Fotográfico Vaticano.

Os cardeais ainda foram informados que a seção Migrantes e Refugiados do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral será submetida diretamente ao Santo Padre. O objetivo deste setor é assistir as Igrejas locais na elaboração e realização de uma resposta pastoral eficaz e adequada aos desafios do mundo contemporâneo, concernentes aos migrantes, refugiados e vítimas do tráfico.

Por fim, o cardeal Sean Patrick O’malley atualizou os outros membros do Conselho sobre os trabalhos da Pontifícia Comissão para a Proteção dos Menores, especialmente em relação aos trabalhos de ajuda às Igrejas locais.

A próxima reunião do Conselho de Cardeais acontecerá nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro de 2018.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano

Comentários

comentários